Red Trio + Nate Wooley, disco e concerto em Lisboa

opdoodles, Op. Doodles (2012/26/03)

Nesta 5ª feira, o Teatro Maria Matos será palco da estreia ao vivo da mui aguardada colaboração discográfica do Red Trio com o magnífico trompetista norteamericano Nate Wooley. Foi precisamente em cima de um palco que Wooley e o trio português — Hernâni Faustino (contrabaixo), Rodrigo Pinheiro (piano) e Gabriel Ferrandini (bateria e percussão) — se conheceram. Estávamos em 2010, e eles no Clean Feed Festival, em Nova Iorque. Nas notas contidas em “Stem”, o espantoso fruto inaugural dessa aliança, lançado há poucos dias, Nate Wooley recorda esse primeiro momento de absoluto improviso (ou não fosse o free jazz o elo em comum…) e salienta que não houve indecisões, mas puros fulgores de energia. A música do Red Trio, mais orgânica, joga com a de Nate Wooley, mais arrojada (ainda com a memória fresca da obra prima “High society”, gravada pouco tempo antes com essoutro mestre da trompete contemporânea que é Peter Evans). Há, porém, qualquer coisa que se partilha, qualquer coisa de corpo e de performance, de exploração máxima do som e da sua “forma não-forma”. Mas, mais do que isso, há uma superior noção da arte da improvisação, de que “Stem” é revelador espelho fractal. E esta é, para Wooley e para os seus anfitriões, qualquer coisa inata, demasiado humana. E é isso que nos espera: algo de verdadeiramente humano, para decifrar no álbum da Clean Feed e no concerto do Teatro Maria Matos.

Full review on: http://opdoodles.com/2012/03/27/red-trio-nate-wooley-disco-e-concerto-em-lisboa/